quinta-feira, 2 de novembro de 2017

C.E.E.P PETRÔNIO PORTELA NO PICOS PLAZA SHOPPING

O Centro Estadual de Educação Profissional Petrônio Portela, representado por seu gestor Itamar Freire, professores, coordenadores e secretárias, marcou presença no Shopping para  assistir à exibição do filme " Nunca me sonharam". A atividade, comemorativa ao dia do Professor (15 de outubro), foi organizada pela 9ª Gerência Regional de Educação (9ª GRE).
O evento ocorreu no dia 17 de outubro de 2017, na sala de cinema do Picos Plaza Shopping e contou com a participação de gestores, professores e coordenadores pedagógicos de escolas dos municípios de Picos, Francisco Santos e São José do Piauí.

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Educadores da 9ª GRE participam de atividade comemorativa ao Dia do Professor

Postado em 20/10/2017 por Redação
O filme "Nunca me sonharam" exibido em uma das salas de cinema do Picos Plaza Shopping marcou o momento.
Sala de cinema ficou lotada.Foto: Reprodução/ Arquivo 9ª GRE
Na última terça-feira (17) para celebrar o Dia do Professor, comemorado em 15 de outubro, a 9ª Gerência Regional de Educação (9ª GRE) em conjunto com as escolas da rede estadual realizaram a exibição do filme “Nunca me sonharam”. A ação ocorreu em todo o Piauí e em Picos foi promovida na sala de cinema do Picos Plaza Shopping.
O filme “Nunca me sonharam” produzido pelo Instituto Unibanco em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (SEDUC) retrata a realidade e os desafios enfrentados por professores e alunos dentro da sala de aula.
Participaram da atividade comemorativa gestores, professores e coordenadores pedagógicos de escolas dos municípios de Picos, Francisco Santos e São José do Piauí.
A gerente regional da 9ª GRE, Noêmia Moreira Marques, destacou como importante o momento de reflexão e interação entre os educadores.
“Foi um momento de bastante interação entre professores. Educadores de outros municípios também participaram e isto é bastante importante para refletirmos o nosso papel e as relações construídas em sala de aula”, afirmou Noêmia Marques. 

domingo, 13 de agosto de 2017

PROGRAMA "ENCONTRO" RECEBENDO BRÁULIO COM SUA POESIA


C.E.E.P. Petrônio Portela tem novo diretor

Postado em 09/07/2016 por Marta Soares
Enói deixou a direção da instituição de ensino após oito anos à frente da mesma.
Posse do novo diretor, Itamar Freire Foto: Arquivo pessoal
Tomou posse nesta semana como diretor do Centro Estadual de Educação Profissional Petrônio Portela, antigo Premen, o professor de informática Itamar Freire. Após a renúncia da então diretora, Enói Cosme, Itamar colocou seu nome à disposição para assumir o cargo até que seja feita nova eleição.
Enói deixou a direção da instituição de ensino após oito anos à frente da mesma. Segundo ela, que concedeu entrevista ao Folha Atual, o cargo foi indicação de Antônio José de Medeiros, quando secretário de educação do Estado, em 2008.
De acordo com a ex-diretora, sua saída foi motivada por razões médicas e por considerar que é hora de renovar a direção da referida instituição: “já dei a minha contribuição àquela escola, saio de lá com o entendimento de que dei o meu melhor, apesar de todas as dificuldades”, disse ela.
A ex-diretora precisou se afastar do cargo por razões médicas em março deste ano e deixou sua equipe para comandar a escola. Ela afirmou que o estresse causado pelos problemas do dia a dia resultou em nódulos em suas cordas vocais e que chegou a ficar sem voz por um período: “diante disso, de ter ficado sem voz, os médicos por onde passei me disseram que isso era fruto do estresse do cotidiano e que era melhor que eu cuidasse da minha saúde. Por isso optei por me afastar, mas mesmo assim, ia à escola quase que diariamente assinar a papelada necessária para que não faltasse nada aos alunos e aos colaboradores, como merenda escolar, material de expediente e material de limpeza”, elencou.
“Encontrei aquela escola com apenas 200 alunos, oferecendo somente o nível médio. Desde que assumi até aqui, já são mais de dez cursos técnicos integrados ao ensino médio, além dos cursos à distância. Foram realizadas reformas e ampliação, a escola passou a se chamar centro de educação, os laboratórios estão todos equipados e em funcionamento, hoje temos pelo menos 1.700 alunos. Fui conhecida todo esse tempo como a Enói do Premen, mas volto a me chamar Enói Cosme a partir de agora”, desabafou.
http://www.folhaatual.com.br/2015/